04/09/2019

“Infelizmente, Cosmópolis é uma cidade dormitório”, destaca Felisbino

Durante o programa Portal ao Vivo, o advogado também anunciou ser pré-candidato à prefeito

Letícia Leme

Junior Felisbino, advogado e pré-candidato à prefeito de Cosmópolis, comparou Cosmópolis como uma ‘cidade dormitório’ durante o programa Portal ao Vivo, exibido nesta segunda-feira (02) e que vai ao ar todas as tardes no Portal Cosmopolense. Na ocasião, o político ressaltou pontos que precisam ser melhorados para que o município se torne destaque dentre as cidades da região.

“Antigamente tínhamos a Usina Ester que tem o maior número de área da cidade. Por um tempo Cosmópolis ficou conhecida como a cidade da cana. Mas e agora, pelo o que é conhecida? Infelizmente como uma cidade dormitório, onde somos dependentes da refinaria de Paulínia. Então o que me motiva na vida pública é lutar por dias melhores para que Cosmópolis tenha também um protagonismo na região”, ponderou.

Para sustentar a ideia de que o município cosmopolense precisa desenvolver áreas em que se destaque, Junior fez um comparativo entre os municípios da região. “Em Paulínia tem a Petrobrás (Replan), uma cidade petroquímica; Holambra é cidade das flores; Limeira era a cidade da laranja e se transformou referência mundial em jóias e semi jóias; Americana se destaca pela área têxtil; Engenheiro Coelho tem uma grande universidade; e eu pergunto o seguinte: Cosmópolis agora é a cidade do que?”, questionou.

Felisbino também frisou a importância da alternância de poder no cenário político, que segundo ele, não faz parte da realidade de Cosmópolis. “Para que haja democracia, é necessário que em uma república tenha alternância de poder. Eu sou favorável para que os mandatos parlamentares tenham dois ou três mandatos no máximo. Quando eu me disponho a estar na vida política para servir as pessoas e ter um mandato de quatro anos, eu entendo que na política é necessário ter uma alternância de poder e é o que falta em Cosmópolis hoje”, enfatizou.

O pré-candidato ressaltou ainda que para que a cidade desenvolva é necessário ações que promova geração de emprego e renda. Além disso, afirmou apoiar a isenção de imposto, a fim de que empresas se instalem no município. “Temos um plano diretor obsoleto, faz dois anos que venceu e não vi o Executivo nenhum projeto para fazer um plano diretor. Não temos um distrito industrial na cidade, e não é apenas doando terrenos, porque as grandes empresas vêm e adquirem. É importante que Cosmópolis tenha uma grande política e desenvolvimento a fim de dar isenções para empresas, colocar um alíquota menor do ISSQN para atrair investidores na cidade”, concluiu.

Pré-candidato

Junior Felisbino anunciou ser pré-candidato à prefeito de Cosmópolis para as eleições de 2020. Ele já havia se candidatado ao cargo de Chefe do Executivo nas eleições de 2016 em que José Pivatto (PT) foi eleito. Na ocasião o advogado ficou em segundo lugar nas apurações (8.766 votos), no qual foi candidato pelo Partido Verde (PV), cujo vice foi João Capotes.

Leia mais:

Junior Felisbino lança pré-candidatura à prefeito de Cosmópolis 

“Sou pré-candidato à reeleição de Cosmópolis”, afirma Pivatto

…………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique AQUI e envie para o Portal Cosmopolense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.