17/03/2020

Saiba como cada vereador votou sobre o Relatório da CEI em Cosmópolis

Vereadores discutiram sobre o relatório e argumentaram em seus votos

Da redação

Por mais de 3 horas de sessão, os vereadores de Cosmópolis votaram o relatório da Comissão Especial de Investigação (CEI) da Operação Prato Feito na Câmara Municipal.
Por sete votos a cinco, o Relatório Final da Comissão Especial de Investigação foi arquivado pelos vereadores.
Porém os argumentos foram os mais diversos. Para justificar seus votos, alguns vereadores utilizaram mais de um minuto de seu tempo; outros preferiram apenas dar o seu voto contrário ou favorável ao relatório.
Doutor Eugênio (Progressistas), Edson Leite (PSDB), Humberto Hiroshi (Podemos), Renato da Farmácia (Podemos) e Renato Trevenzolli (PSDB) foram a favor do relatório. Já Élcio Amâncio (MDB), André MaqFran (PRB), Cristiane Paes (PT), Eliane Lacerda (PV), Aldenis Mateus (MDB), Rafael Piauí (Sem partido) e Zezinho da Farmácia (PV) votaram contra o relatório.

Acompanhe aqui as justificativas dos votos dos vereadores cosmopolenses:

Aldenis Mateus: “Eu quero ser justo aqui hoje. Eu não votei no prefeito, não o apoiei para prefeito. Mas também não sou advogado, mas eu acho que uma pessoa ser acusada, ser indiciada é muito diferente de ser julgada e condenada. Portanto eu vou seguir o decreto 201/67 que impossibilita o afastamento imediato. Portanto eu sou contrário”.


André MaqFran: “Eu quero explicar sobre o meu voto. Quando presidente desta casa, quando aconteceu a situação [início da Operação Prato Feito], estive na Polícia Federal pessoalmente como presidente, protocolei ofício na Polícia Federal, pedi esclarecimentos no que a Câmara Municipal poderia estar auxiliando naquele processo. Fui atendido pelo pessoal da Polícia Federal e recebi um comunicado dizendo que já foi levado este processo para a Justiça. E este processo era para colher informações, levar até a Justiça para que ela tomasse as decisões que tinham que ser tomadas. Porém, como está na Justiça, que a Justiça vai julgar de fato o que aconteceu, eu não vou julgar uma situação que eu não sei, pois preciso ter certeza, para que ela resolva esta situação. Por isso meu voto é contrário”.

Edson Leite: “Favorável. Simples assim!”

Cristiane Paes: “Contrário”.

Élcio Amâncio: “Contrário”


Eliane Lacerda: “Justificando meu voto, como eu já citei em minha fala anterior, não se tem equilíbrio para se conduzir uma investigação aqui. Então eu deixo à mercê da Polícia de fato, a quem eu confio… e simples assim: meu voto é contrário”.

Doutor Eugênio: “Favorável”

Humberto Hiroshi: “Eu entendo que realmente a Polícia Federal encaminhou para o Ministério Público dar segmento com a conclusão deles dizendo que houve sim os crimes lá elencados. Nós como representantes da população temos dever de informar a população e o principal proteção da sociedade, dos nossos munícipes e de nossas crianças. Eu participei desde o início desta Comissão Especial de Inquérito e ouvi o senhor prefeito, e esta votação seria para dar oportunidade de abrirmos a comissão processante e isso não afasta o prefeito ainda. Para que continuasse e o prefeito se defendesse, para que ele conseguisse provar para todos nós, não só vereadores mas para a população que a Polícia Federal depois de três anos, mais ou menos de investigação, estivesse errada. Mas pelo o que estou vendo isso não vai acontecer. Desde já para que a justiça aconteça nas urnas então. Eu voto favorável”.

Zezinho da Farmácia: “Lamento profundamente de não ter a oportunidade de discutir mais hoje, com o relatório do Edson Leite, tinha mais questionamentos. Pra mim foi um relatório bastante confuso, não se ofenda mas é bastante confuso. Mas o relatório final é imprestável, não tem fundamentação jurídica, não tem provas não tem nada. Diante do exposto, pela má qualidade do relatório, não tem como eu votar a não ser rejeitando isso aqui, este relatório. É assim que eu voto”.

Rafael Piauí: “Contra”

Renato da Farmácia: “Favorável”.


Renato Trevenzolli: “Primeiro eu quero cumprimentar a todos os vereadores e vereadoras que participaram desta comissão. Cumprimentar o público presente participou de todas as reuniões. Cumprimento especial ao relator Edson Leite pela coragem. Enfim: este relatório foi elaborado pela comissão, este relatório foi aprovado pela comissão, então meu posicionamento é favorável ao relatório; até para que as pessoas que estão sendo acusadas tenham o direito de se defender. Por isso meu voto é favorável”.

……………………………………..

Tem uma sugestão de entrevista? Clique aqui e envie para o Portal Cosmopolense


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.