14/09/2019

Polícia Federal indicia prefeito de Cosmópolis na Operação Prato Feito

Reportagem do jornal Estadão diz que PF indiciou 96 pessoas e 13 prefeitos estão sob investigação; Prefeito de Cosmópolis é acusado de fraudes em licitação

Da redação

O prefeito de Cosmópolis, José Pivatto (PT) foi indiciado pela Polícia Federal na conclusão da Operação Prato Feito. As informações são do jornal ‘O Estado de São Paulo’ e do repórter Fausto Macedo.

De acordo com a reportagem do jornal, a conclusão da Polícia Federal é que 96 pessoas, entre políticos, empresários e servidores públicos, foram indiciados por estarem envolvidos em fraudes em licitações de merenda, uniforme e material escolar. A ‘Operação Prato Feito’ foi deflagrada pela Polícia Federal em maio de 2018 e cumpriu 154 mandatos de busca e apreensão para investigar 65 contratos cujos os valores chegavam a R$1,6 milhão.

Ainda segundo o jornal, a operação apurava a participação de 13 prefeitos de cidades paulistas. E que a operação em si, tem o total de 13 inquéritos, que segundo a Polícia Federal, já estão encerrados. Diante destes inquéritos, algumas denúncias já foram feitas na Procuradoria Regional da República.

De acordo com o balanço, a Polícia Federal concluiu que haveria participação de prefeitos das cidades de Mongaguá, Mauá, Embu das Artes, Cosmópolis, Laranjal Paulista, Registro, Pirassununga, Holambra, Barueri, Paulínia e Caconde.
Os prefeitos de Hortolândia (SP) e Mogi Guaçu (SP), podem ficar mais aliviados, pois a Polícia Federal concluiu que não viram a participação deles no esquema de fraudes.

Ainda de acordo com o ‘Estadão’, o prefeito de Cosmópolis, José Pivatto (PT), teria tido “Participação do prefeito em exercício nos crimes de fraude à licitação e corrupção passiva, com indícios de desvio de recursos públicos federais de contrato para aquisição de material escolar”.

Outro lado

Em nota, a Prefeitura de Cosmópolis através de sua assessoria de imprensa, que aguardava ansiosamente a conclusão da operação. E que tem certeza de que não está no rol dos indiciados.
Segue a nota:

O Município de Cosmópolis aguardava ansiosamente pela conclusão desta investigação com a mais absoluta certeza de que não integrará a relação  de indiciados pois nunca celebrou contratos de merenda com as empresas investigadas.

………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique AQUI e envie para o Portal Cosmopolense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.