26/09/2019

Pivatto assina convênio para construção de parque ecológico em Cosmópolis

Fase inicial contará com investimento de R$ 1.059.194,46

O prefeito José Pivatto assinou um convênio para a construção de um Parque Ecológico em Cosmópolis. No valor de R$ 1.059.194,46, o investimento será aplicado na construção da primeira etapa do Parque Municipal do Córrego Barreiro Amarelo. Este será construído em uma área pública localizada na Av. da Saudade, em Cosmópolis.

A assinatura do convênio aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo do Estado de São Paulo, na última quinta-feira (19), com as presenças do Governador em exercício, Cauê Macris, do Secretário de Justiça e Cidadania, Paulo Dimas Debellis Mascaretti e de prefeitos dos municípios de Anhembi, Pedreira, Caconde, Cosmópolis e Porto Ferreira.

De acordo com o memorial da Secretaria de Planejamento da Prefeitura de Cosmópolis, a construção do Parque prevê serviços preliminares, paisagismo e jardinagem, rampa, muro de arrimo, percolado, playground, pavimentação com piso permeável, calçadas para integração de áreas, área de convivência, palco para atividades culturais, arquibancada, iluminação, alambrado, gradil e reflorestamento com espécies nativas. “Agradeço o apoio do deputado estadual Campos Machado que ajudou esse sonho tornar-se realidade”, enfatiza Pivatto.

O Fundo Estadual de Defesa dos Interesses Difusos (FID) tem como objetivo financiar projetos destinados a bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turístico e paisagístico, no âmbito do território do Estado de São Paulo, entre outros.

Esses recursos podem apoiar projetos apresentados por órgãos da administração pública direta e indireta no âmbito estadual e municipal; organizações não governamentais; organizações sociais; organizações da sociedade civil de interesse Público; e entidades civis sem fins lucrativos que tenham por finalidade a atuação nestas áreas.

Mediante chamamento público, por meio de edital convocatório, os interessados podem submeter projetos nas referidas áreas, os quais serão analisados tecnicamente e submetidos à aprovação do Conselho Gestor do FID, presidido pelo secretário adjunto da Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania e composto pelos titulares das secretarias estaduais do Meio Ambiente, da Fazenda, da Cultura, dos Direitos da Pessoa com Deficiência, do Planejamento e Gestão, do Desenvolvimento Social, da Procuradoria Geral do Estado, do Ministério Público Estadual, e por representantes da sociedade civil.

………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique AQUI e envie para o Portal Cosmopolense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.