25/10/2023

Médico que atendeu Roberta Correa presta depoimento na Delegacia de Cosmópolis

Profissional alegou que não sabe informar a causa da morte da fotógrafa, mas que há grande probabilidade de ter ocorrido reação alérgica à anestesia. Delegado adiantou que o resultado do laudo será inconclusivo

Da redação

O médico Marcos Vinícius, responsável pelo atendimento à fotógrafa Roberta Correa na Santa Casa de Misericórdia, prestou depoimento nesta quarta-feira (25) na Delegacia de Cosmópolis. Segundo o delegado de Polícia Civil, Fernando Fincatti, o profissional alegou não conseguir informar a causa da morte da cosmopolense, mas apontou uma grande probabilidade de ter ocorrido uma reação alérgica à anestesia.

Durante o depoimento, o médico, que também é diretor clínico da Santa Casa de Misericórdia de Cosmópolis, relatou como foi o atendimento à Roberta e informou que ela sofreu a parada cardíaca logo em seguida. “Na segunda-feira mesmo, já avisaram à família que a vítima teria sequelas caso viesse a acordar, o que nunca ocorreu”, explicou Fincatti.

Além do médico, nesta semana, o delegado ouviu a secretária Tamires e a profissional Alessandra, que supostamente acionou o socorro. Agora, a Polícia Civil aguarda a liberação do laudo necroscópico para concluir o inquérito policial, mas ainda sem previsão. “Na próxima segunda-feira, iremos cobrar novamente, mas não acredito que fique pronto logo. Temos informações de que o resultado será inconclusivo, não indicando se a morte ocorreu em virtude da anestesia”, comentou o delegado.

Fernando Fincatti expôs que somente após a liberação do laudo será analisado se Isabelle Dourado e Vanuza de Aguilar serão indiciadas.

……………………………………

Tem uma sugestão de reportagem? Clique aqui e envie para o Portal Cosmopolense

É expressamente proibido cópia, reprodução parcial, reprografia, fotocópia ou qualquer forma de extração de informações do site Cosmopolense sem prévia autorização por escrito do Portal Cosmopolense, mesmo citando a fonte. Cabível de processo jurídico por cópia e uso indevido.


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.