05/01/2019

Três jogadores de Cosmópolis disputam a ‘Copinha’

Campeonato já revelou vários jogadores

Henrique Oliveira

A primeira competição de futebol do ano já começou. É a Copa São Paulo de Futebol Júnior, a famosa ‘Copinha’ que neste ano de 2019, está em sua edição número 50. A Copinha é famosa por revelar grandes jogadores do futebol brasileiro, assim também como grandes jogadores brasileiros que vestiram as camisas dos maiores clubes do mundo.

Em Cosmópolis, neste ano, são três os representantes da ‘Cidade Universo’ na competição. São eles: o lateral Marcos Vinícius, que joga pela Ferroviária (Araraquara), Luizinho pelo Capivariano (Capivari) e o centroavante Erison que joga pela equipe do XV de Piracicaba.


Marcos Vinícius é o mais experiente dos três. Em seu currículo, acumula três Copinhas. Aos 14 anos de idade foi contratado pelo Athlético Paranaense e ficou lá até os 18. Após este período, o lateral assinou o contrato profissional com a Ferroviária de Araraquara. Pelo Athlético Paranaense, Vinícius disputou várias competições internacionais e duas Copinhas. Assinou com a Ferroviária, foi vice-campeão da Copa Paulista de 2018 e agora disputa a terceira Copinha da carreira.

Já o centroavante Erison nasceu em Campinas, mas desde pequeno mora com a família no Parque Ester, em Cosmópolis.


O jovem de apenas 19 anos já passou por clubes como a Inter de Limeira, Portuguesa (SP), Mogi Mirim, Grêmio Barueri, Brasílis e, hoje, atua pelo XV de Piracicaba. Mas não se esquece que começou a jogar pela escolinha Futshow (Flamenguinho) em Cosmópolis. Em entrevista, Erison diz que a Copinha é a vitrine do jogador de base para o Brasil e para o mundo. Segundo ele, não há tempo para erros, pois a competição é bem rápida.

“A Copa São Paulo é um campeonato muito importante para a carreira do atleta. Você é visto pelo mundo todo. A Copinha é um campeonato muito diferente dos outros, pois são três jogos só na primeira fase. Então, é um campeonato curto que não tem como errar. Temos que estar concentrado o tempo todo, para não errar a chance que tiver, pois se você fizer dois ou três gols na primeira fase, você já está empregado”, afirma Erison.

O ‘caçula’ dos cosmopolenses que disputam a Copinha é o Luiz Cláudio Marques, de 18 anos, mais conhecido por Luizinho.

Com apenas sete anos de idade, Luizinho começou no futebol no Projeto Bugrinho, do Guarani de Campinas. Após isso, ele foi jogar no rival do Bugre, a Ponte Preta. Pela ‘Macaca’, Luizinho ficou por 2 anos. Logo após, o meia atacante jogou pelo extinto Americana Futebol Clube um campeonato paulista, atuou pelo Paulínia, jogou por dois anos no Guaçuano (Mogi Guaçu) e no União Barbarense, de Santa Bárbara D´Oeste. Antes de se transferir para o Capivariano, o morador da Cidade Alta, atuou pelo Campeonato Paulista sub-18 pela Inter de Limeira.

A Ferroviária, de Marcos Vinícius, bateu a equipe do Serra (ES) por 3 a 0 na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara. A Ferroviária recebe o time do Holanda (AM) no domingo (6). Já o XV de Piracicaba, de Erison, bateu o Capivariano, de Luizinho, por 4 a 2 em Capivari (SP). Todos estes jogos aconteceram nesta quinta-feira (03). No grupo das duas equipes tem o Palmeiras que enfrentará o XV. Já o Capivariano enfrentará o Galvez para tentar conquistar os três pontos.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique AQUI e envie para o Portal Cosmopolense


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.