28/10/2021

Homem tenta assaltar lanchonete em Cosmópolis e acaba desarmado pela vítima

Suspeito ainda teria voltado pedir a arma de volta, pois seria emprestada

Da redação

Um homem teria tentando assaltar uma lanchonete, na noite desta terça-feira (26), no bairro Parque Ester. No entanto, a vítima conseguiu desarmar o acusado que voltou horas depois pedindo a arma de volta, pois seria emprestada. Ao dizer que chamaria a polícia, o suspeito fugiu. A arma ficou apreendida e um Boletim de Ocorrência foi registrado.

Segundo o Boletim de Ocorrência, a vítima informou que por volta das 22h30 encontrava-se em seu estabelecimento, quando um homem se aproximou com uma toca e um pano tampando a boca e com um revólver anunciou o assalto, apontando a arma em direção a cabeça da vítima.

O homem pedia dinheiro e a vítima se recusou em entregar. Diante na negativa, o suspeito teria apontado a arma e o ameaçado de morte. O comerciante então foi ao encontro do criminoso que saiu correndo em direção a motocicleta da vítima que estava estacionada na rua, em frente ao comércio e com a chave no contato. Para subir na moto, o criminoso teria colocado o revólver na cintura e neste momento, o filho de vítima partiu para cima do suspeito iniciando uma luta corporal.

Durante a luta, o revolver caiu no chão e a vítima conseguiu pegar. Além disso, a vítima conseguiu reconhecer o homem que seria um morador de uma casa próxima do comércio.  O acusado conseguiu fugir a pé sem a arma. No entanto, o homem voltou em um carro com seu pai pedindo para devolver a arma, pois era emprestada.

A vítima então informou que iria chamar a polícia e ambos saíram com o veículo sentido Av. Monte Castelo. O dono do estabelecimento comunicou o ocorrido para a Guarda Municipal e apresentou aos guardas a arma de fogo deixada pelo criminoso na noite anterior. Um boletim de ocorrência foi registrado e o caso deverá ser investigado.


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.