07/10/2019

Cosmópolis é alvo de operação do Gaeco

Investigadores estiveram na cidade na manhã desta segunda

O Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e a Promotoria de Justiça de Macatuba deflagraram uma operação contra fraudes e corrupção em Cosmópolis, denominada Operação Apaniguados, e outras 8 cidades da região, na manhã desta segunda-feira (07).

O objetivo da operação é combater crimes de fraude à licitação, fraude a concurso público, falsidade ideológica e corrupção. Segundo nota emitida pela Assessoria do Ministério Público, após mais de quatro meses de investigação, o grupo alvo da ação desta manhã era especializado em fraudar concursos públicos, especialmente de Consórcios Públicos. Nagila Marma Chaib Lotierzo, proprietária da empresa de consultoria Inovatore Cursos, recebeu mandado de busca em apreensão.

Ainda de acordo com a investigação, havia a participação direta de agentes públicos no esquema criminoso, responsáveis pela indicação dos candidatos que foram favorecidos nos concursos fraudados. Apurou-se, também, que o grupo pagava propina a agente público envolvido nos crimes.

Ao todo, foram cumpridos cinco mandados de prisão temporária e 13 mandados de busca e apreensão em Campinas, Jaguariúna, Cosmópolis, Santo Antônio de Posse, Cordeirópolis, Nova Odessa, Holambra, Macatuba e Votuporanga.

Procurada, a Prefeitura de Holambra declarou que ela “não é alvo da Operação Apaniguados e que não houve mandado de busca e apreensão no Paço Municipal”.

Em breve, mais informações.

 


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.