21/07/2019

Cosmopolenses podem bloquear chamadas indesejadas de telemarketing

Site "Não me Perturbe" foi divulgado nesta semana

Da redação

Moradores de Cosmópolis agora podem bloquear chamadas indesejáveis de Telemarketing de telefonia. O site Não me Perturbe permite, de forma fácil e gratuita, evitar promoções de vendas e serviços por meio de contatos telefônicos provenientes exclusivamente das portadoras de serviços de telecomunicações.

A novidade foi lançada na terça-feira (16) e até às 17h do mesmo dia, 620 mil pessoas já haviam sido cadastradas. A criação do aplicativo pelas operadoras se deu devido a um pedido da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), visto que, segundo o órgão, as referidas empresas são responsáveis por grande parte das ligações indesejáveis.

Segundo o presidente substituto da Anatel, conselheiro Emmanoel Campelo, “o registro de mais de meio milhão de cadastros no primeiro dia, sem que o site tenha ficado fora do ar, mostra o rigor técnico com que esse trabalho foi desenvolvido”. O conselheiro destacou, ainda, que a criação do site é um ponto de partida para maior proteção dos consumidores de telecomunicações. “O uso excessivo do telemarketing é um fenômeno mundial, não se trata de um problema apenas do Brasil”, afirmou, lembrando que o setor de telecomunicações é o primeiro a dar uma resposta eficiente para a questão.

Como bloquear as ligações?

  • Primeiramente, o consumidor deve se cadastrar na plataforma, informando o nome completo, CPF e e-mail, além de criar uma senha de acesso;
  • Depois, na página inicial, o consumidor deve clicar no ícone “Cadastro”;
  • Em seguida, deve selecionar a opção “Solicitar bloqueio”;
  • Por último, basta informar o número de telefone.

A suspensão das chamadas pelas empresas de telecomunicações ocorrerá em até 30 dias a partir da data do cadastramento.

……………………………………..

Tem uma sugestão de reportagem? Clique AQUI e envie para o Portal Cosmopolense.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.