18/03/2020

Cosmopolense está em quarentena nos Estados Unidos

Assim como ele, brasileiros tentaram repatriação mas Itamaraty não concedeu avião para voltar ao Brasil

Da redação

O tripulante cosmopolense ‘Princess Cruises’, Renê Klingohr, está em quarentena dentro do navio na cidade de Oakland, no estado da Califórnia, nos Estados Unidos.

Em sua rede social, o cosmopolense consegue informar seus familiares e amigos sobre a sua situação após ficar mais de 6 dias em mar aberto aguardando autorização do governo dos EUA para que o navio, onde trabalha, pudesse atracar em um porto na Califórnia.

No navio ‘Princess Cruise’, que Renê é gerente de excursões, 21 pessoas estavam infectadas com o vírus do Covid-19 (Novo Coronavírus). De acordo com ele todos os passageiros já desembarcaram do navio. Mas ele e a tripulação do navio (cerca de 550) deverão ficar em quarentena na própria embarcação.

De acordo com Renê, alguns dos tripulantes foram repatriados pelos seus respectivos países. Mas os 17 brasileiros que trabalham neste navio, tentaram contato com a Embaixada do Brasil nos EUA e receberam a resposta de que a embaixada recebe muitos contatos de brasileiros que estão em países como Irã, Itália e Estados Unidos que parecem ter prioridade.

Sobre a sua quarentena dentro do navio, Renê disse que “A empresa para que trabalho proporcionou todo o suporte possível. A partir de amanhã nós, os tripulantes que ainda estão a bordo (cerca de 550) iniciaremos a nossa quarentena em cabines individuais com acesso a varanda e ar fresco”, alega Renê.

Sobre sua alimentação, o tripulante disse que eles receberam pacotes com refrigerantes, sucos, macarrão instantâneo, biscoitos e outros alimentos para passarem estes dias nas cabines do navio. Mas que serão servidos três refeições por dia e até inúmeros títulos de filmes e séries nos televisores das cabines.

Sobre sua quarentena, Renê desabafa: “Não é férias, é quarentena para termos certeza que não estamos com o vírus. Ao final dessa quarentena não sabemos ainda o que irá passar. Porém vendo a situação de contágio avançado é fácil de perceber que estamos mais seguros aqui. Isso também sem contar na segurança de nossos familiares que não serão afetados por uma eventual contaminação por nossa “culpa”. A vocês que estão no Brasil por favor, se possível, evitem sair de casa e lavem as mãos com água e sabão”, finaliza Renê.

……………………………………..

Tem uma sugestão de entrevista? Clique aqui e envie para o Portal Cosmopolense


ÚLTIMAS NOTÍCIAS



Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.