18/06/2020

Ações da Guarda Municipal será intensificada contra cerol e linha chilena em Cosmópolis

Linha com cortante gera riscos para motociclistas, pedestres e animais e é proibida por Lei

Foto: Gustavo Carneiro – Grupo Folha de Londrina

Da redação

Em épocas de férias escolares é comum ver crianças e adultos soltando pipa, ou papagaio, em ruas e avenidas de Cosmópolis. A brincadeira, que atravessa gerações, é uma forma sadia de estar próximo à natureza e em amigos. Mas o que a deixa perigosa, tanto para quem está praticando quanto para terceiros, são os cortantes.

Para abater outro pipa no ar, muitas pessoas colocam em suas linhas objetos cortantes como vidro moído e também pó de aço misturado a muita cola. Muitos chamam de cerol ou linha chilena.

Para tentar coibir acidentes com motociclistas e pedestres, a Guarda Municipal de Cosmópolis intensificará ações contra a comercialização e uso de linhas que contenham o famoso cerol e a linha chilena.

A Lei Municipal 2.654 de 2003, estabelece uma multa para quem for flagrado utilizando este tipo de artifício para abater outros pipas. No teor da Lei Municipal, “é proibida a industrialização, a comercialização, o armazenamento, o transporte, a distribuição e o uso do cerol ou qualquer material cortante usados para empinar pipas”.

Ainda de acordo com a Lei, o infrator receberá uma multa de 10 UFMC – Unidade Fiscal do Município de Cosmópolis.

Nesta semana, o setor de Fiscalização da Guarda Municipal apreendeu vários pipas e linhas que de acordo com a GM, tinham cerol em sua composição. Três jovens foram encaminhados à Delegacia de Polícia da cidade e entregues aos seus pais e responsáveis. Todo o material foi apreendido.

……………………………………..

Tem uma sugestão de entrevista? Clique aqui e envie para o Portal Cosmopolense


Comentários

Não nos responsabilizamos pelos comentários feitos por nossos visitantes, sendo certo que as opiniões aqui prestadas não representam a opinião do Grupo Bússulo Comunicação Ltda.